terça-feira, 31 de março de 2009

The Howling (1981)



Como os filmes de lobisomens parecem estar de novo na moda nos últimos anos, aproveitei para revisitar ontem no cinema este clássico de terror. "The Howling" (1981) foi, a par do "Lobisomem Americano em Londres" de John Landis, o responsável pela ressurreição desse mito do fantástico nos anos 80, trazendo-o de forma perfeita para os tempos modernos.

São dois filmes que operam sem mácula a sempre difícil fusão de terror e alguns toques de comédia, mas enquanto o filme de Landis se aproxima do território do slapstick, o de Joe Dante é mais subtil, com um humor negro cortante (e, a princípio, quase imperceptível) que homenageia (várias personagens têm o nome de autores de filmes de lobisomens) e parodia o género, satirizando ainda as filosofias de pacotilha dos grupos de auto-ajuda que à época floresciam. De resto, é a obra mais onírica e sensual de Dante (muito graças à música, hipnótica e operática, de Pino Donaggio), com efeitos especiais ainda hoje assombrosos e um cast que é o sonho de um fã da série B: John Carradine, Slim Pickens, Kevin McCarthy, Dick Miller ou Roger Corman (sim ele aparece por lá).


Oriundo da "fábrica" de Roger Corman, Joe Dante é um dos realizadores mais subvalorizados, e eventualmente mal compreendidos, do moderno cinema americano. "The Howling", que na sua obra sucedeu a "Piranha", é um notável filme engendrado em torno dos códigos do filme de terror e do policial, temperado com uns pozinhos psicanalíticos.
Foi realmente bom rever este filme, pois eu só me lembrava de algumas cenas(muito poucas mesmo) e assim tive a oportunidade de ver melhor este clássico de terror. Mais um filme a acrescentar à minha lista de dvd's a comprar.




Trailer:



DVD trailer:

2 comentários:

gotadevidro disse...

Por acaso gosto deste género de filmes.....
Não seo porquê mas gosto....

Este não vi ou não me lembro

beijinhos da gota

:)

MEU DOCE AMOR disse...

Ai...

Tenho medo e depois não durmo.

Beijinho