quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007

Manowar - Gods Of War (2007)




Gods of War tracklist:

01. Overture to the Hymn of the Immortal Warriors
02. The Ascension
03. King of Kings
04. Army of the Dead, Part I
05. Sleipnir
06. Loki God of Fire
07. Blood Brothers
08. Overture to Odin
09. The Blood of Odin
10. The Sons of Odin
11. Glory Majesty Unity
12. Gods of War
13. Army of the Dead, Part II
14. Odin
15. Hymn of the Immortal Warriors


Os Manowar editam na proxima 2ª feira (26 de Fevereiro), o seu 10º album de estudio. Este album conceptual, aborda o tema da mitologia dos Deuses da Guerra. Esta primeira parte, vai centrar-se sobre os deuses escandinávos.
Mais um album epicos desta banda de culto.

O novo album Gods of War será editado numa edição limitada com Bonus DVD. Esta edição virá com uma splipcase metalizada e envolta em pele. O Bonus DVD contem o "Making Of..." do album, behind-the-scenes e mais surpresas.


O album será editado tambem em duplo vinil LP gatefold.



  • Samples do album "Gods of War"






  • (cliquem nos titulos das musicas para ouvir)




  • Video: King Of Kings (live 2005)









  • Video: I Believe (2003)





  • (cliquem nos titulos dos videos para ver)

    Depois de ouvir o album posso dizer que, tal como o AMOLAD (Iron Maiden), precisa de mais audiçoes mas para primeira vez, gostei, é mais epico, é mais compasado e feito como contasse uma historia. Orquestral mas não abusivo.

    Acho que as narrativas se arrastam um pouco e o Joey a fazer a maioria das narrações não ajuda.

    Como eu gosto de musica classica e de bandas sonoras de filmes, este album está me a agradar. Há partes do album q me fazem lembrar o "O Senhor Dos Aneis" .

    Mas como eu tinha andado a ler intrevistas do Joey sobre o album, já esperava que este fosse ser assim.

    Ouvirei o album novamente(mas não muito, já que estou já á espera dele) para aclarar a minha opinião sobre ele.

    Entretanto recomendo que oiçam as musicas e as samples do album que disponibilizei aqui no blog. Quero saber a vossa opinião.

    28 comentários:

    Lia disse...

    Diferente, mas gostei.

    Beijinhos

    su disse...

    ...muito épico...vou estar bastante atenta a este álbum. Eu adorava Manowar.

    ; )

    ...beijos em fio aqui da Teia...

    r1ck disse...

    Muita parra pouva uva, o album bem espremido só tem 5 ou 6 musicas boas. A influência de rhapsody of fire é notória e acho que abusaram nas partes das historietas e mais calminhas. Se tivesse imagem era um filme . O album não é mau mas torna-se bastante aborrecido.

    6/10

    Nuno disse...

    Demasiado longo, e como diz o Rick, demasiado Epico, não que isso seja mau, mas em demasia também não.
    Na minha opinião, e á primeira audição, não tem nada que se destaque por ai além, tornando o extenso tempo de duração do album, um grande bocejo.

    Destaque para a DIE FOR METAL, que apesar de fraquita, acaba por vir dar, mesmo no final do disco, algum "abanão" ao todo, pelo menos, tem um efeito quase como de despertador LOL

    Mas entendo perfeitamente porque está como faixa bónus, é que não tem nada a ver com o resto do disco.

    terei de ouvir melhor o album, mas á primeira audição, está um pouco melhor do anterior album WARRIORS OF THE WORLD UNITED, que era uma enorme bosta.

    DREAMASTER disse...

    Qto ao album, tal como o AMOLAD, precisa de mais audiçoes mas para primeira vez, gostei, mais epico e mais compasado e feito como contasse uma historia mas bom. Orquestral mas não abusivo.

    Acho q as narrativas se arrastam um pouco e o Joey a fazer a maioria das narrações não ajuda.

    Como eu gosto de musica classica e de bandas sonoras de filmes, este album está me a agradar. Há partes do album q me fazem lembrar o LOTR .

    Mas como eu tinha andado a ler intervistas do Joey sobre o album, já esperava q o album ia ser assim.

    Ouvirei o album novamente(mas não muito, já q tou já á espera do album) para aclarar a minha opinião sobre ele.

    Klatuu o embuçado disse...

    Sempre bons.

    Anónimo disse...

    Nao esperava grande coisa deste álbum.Mas não é que os Manowar me conseguem surpreender???Nunca esperei tal coisa.
    É um álbum conceptual sobre Odin,ao que parece o primeiro de vários dedicados a antigos deuses guerreiros.Devo dizer que spu um apaixonado pela temática.E o disco, é para mim ao fim de uma audição, uma pequena maravilha.Embora em termos de letras, deixe um bocado a desejar devido ao amontoado de clichês do passado "louder Than Hell""swords in the wind" e "hail hail hail" e blá blá blá.

    9/10

    MaidenPortugal

    DREAMASTER disse...

    Lia, gostaste. Podias dizer mais ?

    Bjs
    D.

    DREAMASTER disse...

    Su, mas gostaste?
    Tás a pensar em compra-lo ?

    Bjs
    D.

    david santos disse...

    Olá!
    Adorei.
    Parabéns.

    su disse...

    Não é só porque sou muito ligada a temas épicos nas várias artes (literatura, pintura e música)...é que realmente desde que conheço Manowar - e já lá vão uns aninhos! (lembro-me de escutar às escondidas, nas aulas, com os fones, disfarçadamente, lá atrás!...e isto não se devia dizer!)sempre gostei. Não esperava voltar a ver um re-aparecimento.
    Sim, estou a pensar em adquirir o álbum!

    ;)

    Bola Oito disse...

    Bem. Sinceramente estava a pensar que me iria rir qdo ouvisse o álbum novo dos Manowar, especialmente depois de ter ouvido a Die For Metal que é uma grnade bosta.

    Mas a verdade é que me surpreenderam e muito! É um álbum diferente, muito diferente para Manowar. Muito mais calmo e compassado, com algumas boas canções, mas principalmente narrativo, clássico e sinfónico. E o que tb surpreende é que estes elementos não estão em demasia! O álbum deve ser encarado como um álbum de banda sonora de um filme ainda não feito. Neste capítulo suplantaram os Rhapsody em termos de Hollywood Metal, o que é um feito interessante para uma banda tão antiga.
    Como tal é um álbum que tem de ser escutado, mais do que simplesmente ouvido. Objectivamente a música é boa!

    A qualidade das letras continua bastante fraca. Eles insistem em 'sacar' versos inteiros e expressões de álbuns anteriores. Por isso na maior parte das vezes quase que se adivinha o que o Eric Adams vai cantar a seguir. mas pronto, sempre foram assim. Musicalmente é interessante e isso é q é importante. Concentrarem-se na mitologia nórdica permite-lhes escapar a outro dos seus clichés identificativos que irrita bastante e chega quase a ser rídiculo. Cliché esse que só aparece na Die For Metal. A temática é bem mais interessante.

    Entre linhas... disse...

    Ola "Dreamaster" passei pelo teu blog,gostei abordas temas muito originais fazem o meu gosto.

    Sou uma fã acérrima de tudo o quanto é mitologia.

    Será mais um espaço a visitar.

    Beijinhos Zita

    Bola Oito disse...

    Esqueci-me de dizer: já não é tão complicado entrar no blog realmente. Desta vez só encravou uma vez, mas nada de tão grave. A ver vamos.

    Bom dia!

    B. disse...

    é lá, grande fã!!!!

    quero agradecer as tuas palavras de força no meu blog... VOU VOLTAR!

    BEIJOOOOOOO

    Rosa Silvestre disse...

    Olá D.Gostei de ouvir o album "Gods of War" e prometo que ouvirei novamente, com mais disponibilidade!Fiquei de facto surpreendida, pois a música embora épica, compassada é agradável de ouvir e original, nada que se ouça por aí! Obrigado pela partilha!
    Um beijinho!

    DREAMASTER disse...

    Su, a ouvir ás escondidas?! LOL ;)

    Bem os Manowar nunca desapareceram. Sempre andaram por aí(como se costuma agora dizer).

    Acredito q vais gostar. Puz mais uma musica para se ouvir :)

    Diz-me depois a tua opinião.

    Bjs
    D.

    DREAMASTER disse...

    Entre linhas, sê bem vinda ao meu blog e ainda bem q gostaste dele. Espero q apareças mais vezes.

    Eu tb gosto de mitologia e de história já agora :)

    Gostaste das musicas ?

    Bjs
    D.

    DREAMASTER disse...

    O amigo David Santos gostou?! Epá diga mais da sua opinião sobre o q ouviu :)

    Abraços
    D.

    DREAMASTER disse...

    B. bem vinda a "este" blog ;)

    Gosto da banda mas não sou fanatico. Critico quando tenho de criticar.

    Não precisas de agradeçer. Achei q tavas aprecisar de encorajamento façe á situação. Tás sempre á vontade "pra combatermos as forças do mal" he he he.

    Espero mesmo q voltes :)

    Bjs
    D.

    DREAMASTER disse...

    e eu tou surpreso pela Dona Rosa ;) ter gostado.

    Olha q há praí uma bandas de metal nesta onda muito boas.

    Puz uma nova musica. Diz-me se gostas.

    Bjs
    D.


    PS: será q vais comprar ?

    DREAMASTER disse...

    PS: B. esqueci-me de perguntar se gustaste das musicas aki dos Manowar ?

    DREAMASTER disse...
    Este comentário foi removido pelo autor.
    Bola Oito disse...

    "critico quando tenho de criticar"???

    LOLOL Ainda estou para ver isso!

    :D:D:D

    DREAMASTER disse...

    Não?! Então não tens andado atento pá ;)

    Rosa Silvestre disse...

    Olá D, "e eu tou surpreso pela Dona Rosa ;) ter gostado".
    Surpreso, why?
    Porque não haveria de gostar?
    Também gosto de música épica (nem de toda...) e clássica!
    Gostei de ouvir a nova música.
    Um bjinho, "Dona Rosa", hehehe!

    Rosa Silvestre disse...

    D. quanto s seres criança
    "Don´t give up!
    um bjinho da "Dona Rosa".

    Lia disse...

    Gostei sim D.
    O som foi surpreendente já que não correspondia de todo ao que esperava.

    Vou continuar a ouvi-lo.

    Beijinhos